Presidida por Lissauer, Colegiado de Assembleias do País define retorno das atividades

Reunião também tratou importância de defesa das instituições democráticas e autonomia dos Poderes

Em reunião remota nesta segunda-feira, 1º, o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás e do Colegiado de Presidentes das Casas Legislativas do país, Lissauer Vieira (PSB), articulou, junto de presidentes do Poder Legislativo de mais 16 estados e da chefe da Unale, deputada Ivana Bastos (PSD-BA) o retorno gradual e planejado às atividades nos estados da federação, tendo em vista os diferentes contextos de cada localidade.

“Sabemos que cada Casa Legislativa tem atuado remotamente e com agendas intensas, no entanto, acho importante compartilharmos as medidas de prevenção que cada parlamento pretende adotar para garantirmos um retorno seguro, tanto para nossos servidores quanto para o público que acompanha as atividades legislativas”, frisou.

Os presidentes da Câmara Legislativa do Distrito Federal, deputado Rafael Prudente (MDB-DF) e da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, deputado Ernani Polo (PP-RS), compartilharam a efetividade dos trabalhos legislativos em ambiente virtual e a importância do parlamento no contexto da pandemia. “Os próximos meses serão desafiadores, visto que temos observado as dificuldades enfrentadas em alguns setores produtivos e o poder legislativo tem um papel fundamental nessa adequação econômica nos estados”, comentou Ernani.

O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Agostinho Patrus (PV-MG) compartilhou com os demais presidentes, a preocupação com as recentes manifestações que tem acontecido pelo país e alertou sobre a “importância de se defender as instituições democráticas e a autonomia dos poderes. Isso não tem a ver com posicionamento político ou ideológico, mas com a preservação e defesa da democracia, que diz respeito a todos nós brasileiros, independente das nossas convicções partidárias”.

A presidente da Unale, com apoio dos demais líderes do legislativo estadual, acordou a publicação de um manifesto com a assinatura dos presidentes em prol da democracia e preservação dos poderes. “Este manifesto é em defesa de todos nós brasileiros e da nossa Constituição, e nós devemos nos posicionar contra tudo o que enfraquece ou diminui a legitimidade de atuação, seja em que esfera for”, reforçou Ivana.

Lissauer também comunga com a ideia do manifesto em prol das instituições democráticas e da democracia. “O momento exige convergência, harmonia e respeito entre os Poderes. Nesse momento delicado, precisamos, acima de tudo, garantir nossa autonomia e exercer nossas atribuições com a devida competência para ajudarmos uns aos outros”, alegou.

O encontro virtual do Colegiado agora passa a se realizar mensalmente entre os líderes do legislativo estadual de todo o País. O objetivo é discutir temas de interesse mútuo dos Parlamentos de todo país.

Também participaram da reunião os presidentes Themistocles Filho (MDB-PI), José Sarto (PDT-CE), Adriano Galdino (PSB-PB), Eriberto Medeiros (PP-PE), Jalser Ranier (SD-RR), Cauê Macris (PSDB-SP) , Eduardo Botelho (DEM-MT), Nelson Leal (PP-BA), Paulo Corrêa (PSDB-MS), Kaká Barbosa (PL-AP) e o deputado Gustavo Carvalho (PSDB-RN), representando o presidente da ALERN.