Lissauer prestigia assinatura do contrato da Plataforma Multimodal da Ferrovia Norte-Sul, em Rio Verde

Segundo o presidente da Alego, o complexo contribuirá para o desenvolvimento econômico da região Sudoeste e para a geração de emprego e renda

O presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Lissauer Vieira (PSB), testemunhou na manhã desta quinta-feira, 19, a assinatura do contrato para a implantação da Plataforma Multimodal da Ferrovia Norte-Sul, em Rio Verde. A estrutura, que terá um investimento de R$ 400 milhões, é a única no trecho entre Porto Nacional (TO) e Estrela D’Oeste (SP).

Segundo o chefe do Poder Legislativo, o complexo contribuirá para o desenvolvimento econômico da região Sudoeste e para a geração de emprego e renda. “Além de impactar a economia de toda região Sudoeste, elevando a arrecadação fiscal, a instalação da plataforma ainda vai gerar mais de 1.800 empregos diretos. Sem dúvidas, uma grande conquista e um presente de final de ano para a nossa região”, destacou Lissauer.

O Complexo de Rio Verde, que será considerado um dos principais hubs logísticos de Goiás, atenderá diversos clientes em diferentes cadeias produtivas, No agronegócio os potenciais clientes serão produtores rurais, cooperativas, indústrias de beneficiamento, usinas de açúcar, tradings e empresas de fertilizantes, que poderão transportar seus produtos tanto para o mercado interno quanto para o externo.

Além disso, também será instalado um complexo de combustíveis dentro da plataforma de Rio Verde, permitindo que distribuidoras façam o escoamento para mercados importadores de São Paulo e o recebimento e distribuição de derivados na região. A capacidade de transporte é de 11 milhões de toneladas por ano e movimentará cerca de 1.200 caminhões bitrem por dia.

Prestigiaram a solenidade o governador Ronaldo Caiado (DEM);  prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale (MDB);  primeira-dama, Lilian do Vale; deputado estadual Chico KGL (DEM); presidente da Câmara Municipal, vereador Idelson Mendes (PMN); presidente do Sindicato Rural de Rio Verde, Luciano Guimarães; presidente da cooperativa Comigo, Antônio Chavaglia; representantes da Rumo Logística e demais autoridades.