Lissauer é reeleito presidente da Assembleia para o biênio 2021-2023

 

Vitória do presidente Lissauer foi unânime. Ele continua à frente do Poder Legislativo até janeiro de 2023

Com 40 votos favoráveis, nenhum voto contrário e nenhuma abstenção, o atual presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Lissauer Vieira (PSB), foi reeleito para a Mesa Diretora da Assembleia no biênio 2021-2023, com posse em fevereiro de 2021. A votação foi realizada na tarde desta quarta-feira, 30, em sessão extraordinária no Plenário Getulino Artiaga. Apenas o Deputado Paulo Cezar Martins (MDB) estava ausente da sessão e por isso não votou.

Após o resultado favorável, Lissauer reforçou em entrevista coletiva à imprensa, o seu compromisso e responsabilidade de continuar trabalhando pela população goiana. “Hoje fomos reeleitos para o segundo biênio para trabalhar pela transparência, independência e pelo diálogo do Poder Legislativo, assim nós conduzimos esses primeiros meses e continuaremos conduzindo esses quatro anos que nós vamos ficar sob a gestão da Assembleia Legislativa”, justificou.

Confira a nova mesa diretora para o biênio 2021-2023:

Lissauer Vieira (PSB) – Presidência
Henrique Arantes (MDB) – 1ª vice-presidência
Cairo Salim (Pros) – 2ª vice-presidência
Major Araújo (PSL) – 3ª vice-presidência
Álvaro Guimarães (DEM) – Primeira Secretaria
Júlio Pina (PRTB) – Segunda Secretaria
Tião Caroço (PSDB) – Terceira secretaria
Iso Moreira (DEM) – Quarta Secretaria

Agradecimento

Após a eleição da Mesa Diretora, o presidente reeleito Lissauer Vieira recebeu cumprimentos no Salão Nobre da Assembleia. Em entrevista à imprensa, ele agradeceu pela votação expressiva, unanimidade dos presentes, falou das negociações que antecederam a votação e agradeceu aos colegas de Parlamento. “Foi uma vitória maiúscula, e os deputados tiveram a consciência do nosso trabalho desses primeiros meses aqui à frente do Poder Legislativo. Claro que tem disputa. Todos os deputados têm interesse em disputar alguma vaga. Durante a manhã, nós trabalhamos muito para alguns colegas parlamentares, que tinham interesse também em disputar, até mesmo para recuar, e eles tiveram a oportunidade de abrir mão de disputar outros espaços na Mesa Diretora. Mas ficou essa disputa entre o deputado Álvaro Guimarães e Cláudio Meirelles. A democracia é assim e tem que ser respeitada”, explicou.

Lissauer acrescentou que, além de dar continuidade a projetos em andamento e de consolidar o processo de independência da Casa, uma outra prioridade para o segundo mandato é a conclusão da obra da nova sede da Assembleia Legislativa. “Esse é um dos principais objetivos nosso. Nós temos garantido alguns recursos, e se nas questões burocráticas nós não tivermos problemas, vamos conseguir concluir essa obra dentro desses próximos três anos e três meses que nós temos”, prevê. “Eu creio que é perfeitamente possível. Tudo está no cronograma para nós concluirmos a obra que será um grande feito para essa Legislatura e, principalmente, para Mesa Diretora que foi eleita hoje, para o segundo biênio”, pontuou.