Homenageado na Assembleia, Iris assegura que o Legislativo goiano foi responsável por sua formação política

Prefeito recebeu homenagem proposta pelo presidente Lissauer Vieira em reconhecimento aos seus 62 anos de vida pública

A Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) promoveu sessão extraordinária especial em homenagem aos 62 anos de vida pública de Iris Rezende (MDB), que se aposenta no final deste ano. A proposição da homenagem e entrega de Certificado de Reconhecimento Público ao atual prefeito de Goiânia, foi do presidente da Casa de Leis, deputado Lissauer Vieira (PSB). A condecoração é uma forma de agradecer ao homenageado pela sua valorosa contribuição para o progresso de Goiás e, em especial, de Goiânia, e foi realizada no plenário Getulino Artiaga na manhã desta terça-feira, 1º, a apenas 30 dias para o encerramento de seu mandato.

Ao subir ao Plenário para discursar em homenagem ao prefeito de Goiânia, Lissauer Vieira afirmou que o momento é de condecoração de “um homem que construiu uma biografia irretocável, cuja trajetória política é exemplo de retidão moral”, ressaltou.

O presidente do Parlamento abordou a trajetória de vida pessoal e profissional do prefeito de Goiânia e destacou sua satisfação em presidir a homenagem a um político que ele considera referência para o País. “Todos, não só de Goiás, mas do Brasil, se espelham na trajetória política e nos exemplos que o Iris Rezende Machado nos proporcionou ao longo de sua carreira. E nada mais justo que nós, do Poder Legislativo, homenagearmos essa história tão bonita, que nos enche de orgulho”, destacou.

Trajetória política

Lissauer Vieira lembrou o entusiasmo de Iris Rezende pela política. “Apaixonado pela política, elegeu-se vereador em Goiânia em 1958, com a maior votação proporcional da história da cidade. Começava aí uma longa caminhada que consagraria Iris como um dos ícones políticos mais expressivos não só de Goiás, mas de todo o Brasil”, disse.

O presidente ressaltou o trabalho de Iris como gestor de obras pública. “O jovem gestor se revelava ao país como um ousado tocador de obras: asfaltou os principais bairros de Goiânia, desapropriou lotes, duplicou a avenida Anhanguera, construiu conjuntos habitacionais como vila Redenção, vila União e vila Alvorada, inovou com o Parque Mutirama, entre outras realizações”, citou.

No governo, de acordo com Lissauer, Iris modernizou a administração estadual e realizou obras importantes. “Construiu a vila Mutirão, erguendo mil casas em um único dia. Implantou um grande programa de eletrificação rural e construiu 4 mil quilômetros de rodovias – como a GO-020, de Bela Vista a Pires do Rio, e até Catalão; e a GO-118, interligando as principais cidades do nordeste goiano”.

Lissauer lembrou ainda que, em 1986, Iris assumiu o Ministério da Agricultura no governo José Sarney, quando comandou as chamadas supersafras. “Na época, mesmo em meio a uma grave crise econômica, Iris levou o país a quebrar recordes atrás de recordes de produção de grãos”, enunciou o chefe do Parlamento.

Na sequência, Lissauer deu ênfase à marcante passagem pelo Executivo municipal. “Como prefeito de Goiânia, Iris asfaltou todos os bairros que ainda não tinham o benefício, construiu o maior número de moradias, chegando a 30 mil lotes e casas doadas, construiu 21 parques e cerca de 400 praças, construiu as primeiras 20 escolas de tempo integral e 52 Centros Municipais de Educação Infantil. Em sua gestão, Goiânia foi eleita a capital com melhor qualidade de vida do Brasil”, ressaltou ainda.

Sensibilidade política

Ao subir à tribuna do Plenário da Casa de Leis para proferir discurso em homenagem ao prefeito de Goiânia, o governador do estado de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM) ressaltou a importância da contribuição de Iris Rezende para a política. “É uma escola de um político que sobreviveu a todas as crises e instabilidades em sua carreira. Isso ocorreu por sua postura digna. Poucos homens encerram a sua carreira pública por livre e espontânea vontade”, destacou.

O chefe do Executivo disse que Iris mostrou na prática algo que não tem substituto na política. “Não é apenas ser um bom gestor, é muito mais do que isso. É ter sensibilidade política. O homem só se destaca na política se ele conseguir se aproximar do povo, não existe política de gabinete. Iris localizou o clamor da população e ouviu esse sentimento”, afirmou.

Homenageado

Durante a sessão especial em homenagem a Iris Rezende, foi exibido um vídeo sobre sua história e trajetória. Ao subir à tribuna para discursar e agradecer a homenagem, emocionado, o prefeito destacou a importância da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) em sua trajetória política.

‘‘Eu estava pensando que não ia ter condições de falar devido à grande emoção que estou sentindo no momento. Quero manifestar meu agradecimento por essa homenagem que me toca profundamente. Tenho por essa Casa um profundo afeto, pois ela foi responsável pela minha formação política. Tive a grande honra de presidir esta Casa de Leis que agora me oferece essa homenagem com a presença do governador e de todos que compõem a os Poderes Executivo, Legislativos e Judiciário’’, afirmou.

O prefeito ressaltou que a homenagem foi uma grande surpresa e disse que encerra sua carreira política com orgulho. ‘‘Eu entendi desde muito cedo que a minha carreira na política, que se iniciou na Câmara Municipal, era uma missão que Deus queria colocar nas minhas mãos, e assim fui seguindo. Eu saí da roça com 15 anos e vim para Goiânia, estudei e em certo ponto entendi que minha vocação era política e fui fazer Direito.”

O homenageado afirmou ainda que está certo que deixará as futuras gerações com um exemplo de dedicação e trabalho. ‘‘Aquele que se entrega a vida pública tem um compromisso muito profundo com o povo. Sofri abusos por parte de alguns poderes e apesar disso tudo não desisti. Eu vi Goiás crescer nacionalmente. Afirmo, com toda certeza, que há muito tempo eu não me emocionava como hoje’’, finalizou.

Mesa

Além do presidente, também prestigiaram a solenidade o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), o presidente e desembargador do Tribunal de Justiça do estado de Goiás (TJ-GO), Walter Carlos Lemes, o prefeito de Goiânia Iris Rezende Machado (MDB), o defensor público-geral do estado de Goiás, Domilson Rabelo, o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE-GO), Sebastião Tejota, as filhas do prefeito Iris Rezende, Adriana e Ana Paula, entre vários deputados estaduais, federais e secretários de Estado e município.

(Com informações da Agência Assembleia de Notícias)