Em giro pelo interior do estado, Lissauer discute demandas locais e reforça conduta municipalista

Durante visita às cidades de Uruaçu, Porangatu e Acreúna nesta semana, o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) tratou de uma série de pautas relacionadas às áreas de Saúde, Esporte, Turismo e Educação

Pautado pelo compromisso público e visando conhecer de perto as necessidades dos municípios goianos, o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Lissauer Vieira (PSB), cumpriu durante todo o período de campanha eleitoral uma extensa e produtiva agenda municipalista, prática já exercida por ele desde o início do seu mandato. Em visita a mais de 60 cidades do Norte ao extremo Sul do estado, o chefe do Poder Legislativo ouviu as principais demandas da população, dialogou com diversos segmentos da sociedade, além de participar de reuniões políticas e hipotecar o seu apoio a candidatos do pleito eleitoral deste ano.

Somente nessa última semana, o presidente do Legislativo goiano esteve, ao lado do governador Ronaldo Caiado (DEM), nas cidades de Uruaçu e Porangatu, no Norte do estado, onde tratou de demandas ligadas à Segurança Pública, Esporte, Turismo e Educação. Em Acreúna, Lissauer levou o secretário estadual de Saúde, Ismael Alexandrino, para conhecer melhor as demandas dessa área no município, representado por ele na Alego.

Mantendo sempre sua conduta republicana, Lissauer vem trabalhando, junto aos demais chefes dos Poderes e órgãos autônomos do Estado, para contribuir pela melhoria dos municípios goianos. Segundo ele, é através das parcerias que os benefícios “chegam até a população”.

“Vejo que a boa política se constrói com boas parcerias e são através dessas parcerias que os benefícios chegam até a população. Nestes últimos dias temos visitado dezenas de municípios goianos, vendo de perto a realidade de cada um deles e trabalhando, de forma conjunta, para corresponder de forma positiva às demandas da nossa sociedade. Junto ao governador Ronaldo Caiado, ao secretário Ismael Alexandrino e demais secretários do estado, estamos conhecendo as principais necessidades das nossas cidades e reforçando o nosso compromisso com os 7 milhões e 200 mil goianos”, ressaltou Lissauer.

Agenda municipalista

Durante agenda na cidade de Uruaçu na última quarta-feira, 11, o chefe do Poder Legislativo visitou às sedes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros e as obras do futuro Batalhão Rural da PM-GO. Na ocasião, a classe solicitou o apoio do deputado para finalizar a construção da unidade. Ainda no município, Lissauer também discutiu demandas das áreas de Turismo e Esporte com o grupo de ciclismo Seca Barriga.

Entre as principais reivindicações apresentadas pela equipe, está a implementação e manutenção de um projeto voltado para a modalidade ciclismo e mountain bike, com a organização de trilhas visando fomentar o turismo local e a prática esportiva regional.

Já na cidade de Porangatu, o presidente da Alego visitou o centro histórico do município e recebeu demandas relacionadas à revitalização e maiores investimentos no local. Durante a agenda, o chefe do Parlamento goiano também tratou de pautas relativas à Educação, especialmente da Universidade Estadual de Goiás (UEG – Câmpus Porangatu), que solicitou a articulação do deputado para ampliação do corpo docente da instituição.

Continuando seu giro pelo interior do estado, o presidente Lissauer Vieira esteve ainda no município de Acreúna, ao lado do secretário de saúde Ismael Alexandrino. Na oportunidade, eles conheceram as obras do futuro hospital municipal da cidade, que contou com a destinação de R$ 7 milhões do Governo Federal através da articulação do chefe do Poder Legislativo junto a ex-senadora Lúcia Vânia, e também visitaram o atual Hospital Municipal, que deve ser transformando futuramente em maternidade, após a conclusão da nova unidade.

O novo hospital de Acreúna atenderá a população acreunense e de cidades vizinhas e contará com salas de urgência, sala de triagem, posto de enfermagem, sala de raio-x, 20 leitos adultos, cinco leitos para crianças e duas salas cirúrgicas.